Pai, mãe e filha são assassinados dentro da própria casa após assalto


Um fato chocante acometeu uma família inteira no início da noite desta terça-feira (21) no Sitio Lagoa do Paulista, na divisa com o Sítio Murici, na zona rural de Caruaru. O casal de agricultores, Joselma Pereira da Silva, de 52 anos e Geraldo José da Silva, conhecido por “Nilson”,de 61 anos, estavam dentro de casa com o casal de filhos, Maria Madalena Pereira da Silva, de 24 anos e José Geraldo da Silva Filho, conhecido por “Geraldinho” de 23 anos. Os bandidos mataram a mãe e a filha no local e o idoso e o filho foram socorridos pelo Samu e levados em estado grave para o Hospital Regional do Agreste, onde o “Nilson” não resistiu e veio a óbito.

O Oficial de Operações do Dia do 4º BPM, Sub-Tenente Petrônio, disse que as vítimas estavam em casa com as portas trancadas, de repente chegaram quatro marginais a pé pela porta da cozinha e mesmo tendo muitas casas próximas arrombaram o imóvel pela porta dos fundos e balearam as quatro vítimas, em seguida fugiram levando as duas motos XRE 300 dos filhos do casal e tomaram rumo ignorado, nisso a Central de Rádio do 4º BPM foi informada que as quatro vítimas tinham sido mortas e mandou uma guarnição para o local e acionou o Samu e quando os paramédicos chegaram no imóvel constataram que mãe e filha estavam em óbito e como o pai e o filho tinham sinais vitais os socorreram e os levaram em estado grave para o HRA. O Oficial disse ainda que foram empenhadas viaturas da Patrulha Rural, GT Itinerante, além da Força Volante, as quais continuam realizando incursões a fim de localizar os algozes. O jovem foi transferido do HRA para o Hospital Santa Efigênia e se tiver condições, em seguida, irá para o Hospital da Restauração, em Recife.

O delegado da Força Tarefa de Homicídios, Dr. Luiz Bernardo, coincidentemente é o chefe da 90ª Circunscrição Policial (3ª DP) e esse sítio onde ocorreu o crime fica na sua circunscrição e o mesmo já acionou a sua equipe para tentar identificar quem são esses criminosos e informou que há um forte indício que eles sejam da região, pois chegaram sorrateiramente pelo mato e sabiam que moravam quatro pessoas na casa e que não possuíam nenhuma arma de fogo. O delegado disse que aguarda que a sociedade possa ajudar a investigação passando informações para o Disque-Denúncia Agreste através do (81) 3719-4545 e terá a identidade preservada.


O delegado da Força Tarefa de Homicídios, Dr. Luiz Bernardo, coincidentemente é o chefe da 90ª Circunscrição Policial (3ª DP) e esse sítio onde ocorreu o crime fica na sua circunscrição e o mesmo já acionou a sua equipe para tentar identificar quem são esses criminosos e informou que há um forte indício que eles sejam da região, pois chegaram sorrateiramente pelo mato e sabiam que moravam quatro pessoas na casa e que não possuíam nenhuma arma de fogo. O delegado disse que aguarda que a sociedade possa ajudar a investigação passando informações para o Disque-Denúncia Agreste através do (81) 3719-4545 e terá a identidade preservada. Foi feito o isolamento do local e com a chegada do IC o perito verificou que a mãe foi lesionada por um disparo transfixante na região da boca, a filha foi lesionada por um disparo na região da cabeça. Segundo informações repassadas pelo médico de plantão do HRA, o pai foi atingido por quatro perfurações de arma de fogo, três na cabeça e um no cotovelo esquerdo e o filho por um disparo na cabeça e um no abdômen. Os corpos de pai, mãe e filha, foram encaminhados para o IML local.

Blog do Adielson Galvão

Postagens Relacionadas
‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››