Torre de 40 metros de altura é aberta para visitação na Igreja Matriz de Gravatá

Gravatá ganha mais um atrativo turístico a partir de agora. A torre da Igreja Matriz de Sant’Ana que mede aproximadamente 40 metros, que abriga os sinos do templo, será aberta a partir de domingo (26/07) dia da Padroeira Senhora Sant’Ana para visitação do público. Do alto é possível ver toda a cidade e apreciar as belezas de Gravatá. O local abrigará um acervo histórico com obras de arte e fotografias. A visitação pública acontecerá de sexta à domingo das 9 da manhã ao meio dia, e das 14 às 17 horas.
A iniciativa é uma parceria com a Prefeitura de Gravatá através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e a Paróquia de Sant’Ana. De acordo com o secretário José Pereira, a Torre de Gravatá é uma das poucas no mundo que abrigam exposições de artes e fotografias, e que são abertas à visitação pública, a exemplo da torre de São Marcos, em Veneza, na Itália. A Igreja Matriz de Sant’Ana foi fundada em 15 de Novembro de 1940.
Para que a visitação fosse aberta ao público a Igreja providenciou telas de proteção que foram instaladas nas partes abertas da Torre.
Subindo da base até a Torre são ao todo seis pisos com diversas exposições como:
1° piso – “Exposição Temporária de Artes”
2° piso – “História da Igreja Matriz”
3° piso – “Exposição Fotográfica de Pontos Turísticos de Gravatá”
4° Piso – “Exposição de Santos e Santas de Gravatá”
5° piso – Campanário
6° piso – “Cruzeiro e Vista Aérea de Toda Cidade de Gravatá” (área descoberta, topo da torre e a imagem da padroeira da cidade).
Texto – Alexandre Carlos
Fotos – Ednaldo Lourenço
Do Blog do Castanha

Postagens Relacionadas
‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››