1º Passeio dos Amigos é realizado em Sairé

1º Passeio dos Amigos é realizado em Sairé

Neste domingo (24), um grupo de amigos que tem em comum a paixão por cavalos, realizaram o 1 Passeio dos Amigos, em Sairé. O evento teve início pela manhã no tradicional Bar da Traíra, onde os vaqueiros, amazonas e simpatizantes do esporte, foram recepcionados pelos organizadores com um delicioso café da manhã. 

No fim da manhã, o passeio teve início com destino ao sítio Brejo Velho, zona rural do município, onde os moradores locais aguardavam ansiosamente nas portas das suas respectivas residências, o desfile dos cavalos e cavaleiros, finalizando em uma chácara, com muito forró e um bom churrasco.

“A ideia de fazer o passeio surgiu quando marquei um passeio à cavalo com meu amigo Carlos, um dos organizadores, daí decidimos organizar algo maior, onde resolvemos realizar juntamente com mais dois amigos (Fuba e Renan), o Passeio dos Amigos. E deu certo! Inclusive, apesar de ser o primeiro, ouvi vários relatos de vaqueiros que há muito tempo disseram não ter visto uma festa dessa. Varias pessoas entraram em contato comigo comigo hoje para dar os parabéns. Cavalgar é gratificante, e ao lado de amigos, não tem preço”, disse Idelbrando Pontes, um dos idealizadores. 



















































Mais informações
Vereador Ozéias Caetano reúne-se com senador Humberto Costa

Vereador Ozéias Caetano reúne-se com senador Humberto Costa

Divulgação redes sociais


Vereador Ozéias Caetano, líder do governo municipal de Sairé na Câmara de Vereadores, participou nesta sexta-feira (08), de um encontro com o Senador da República Humberto Costa, no Recife. No encontro o parlamentar apresentou documento de solicitações de obras que visam beneficiar o município de Sairé.

Mais informações
Carnaval de Pernambuco evidencia união entre os poderes

Carnaval de Pernambuco evidencia união entre os poderes


O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros (PP), cumpriu intensa agenda durante as festividades do carnaval de Pernambuco.
Chamou a atenção a sintonia entre os representantes dos poderes Legislativo e Judiciário ao reverenciar a cultura local. Eriberto esteve presente em várias prévias carnavalescas e durante todo o carnaval, e em vários momentos acompanhado do presidente do TJPE, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, e do presidente do TRE-PE, Agenor Ferreira, além de outros desembargadores componentes daquelas cortes.

A proximidade com o governador Paulo Câmara (PSB) e com o secretariado também deixou patente que os representantes de Pernambuco não descuidaram da época que mais atrai investimentos e retornos para o turismo estadual.
O presidente participou do Galo da Madrugada, do Baile Municipal do Recife, dos Papangus de Bezerros e de outros eventos no estado.
Mais informações
DENÚNCIA: Vereador leva a tribuna da Câmara de Sairé, denúncia de suspeita de  falsidade ideológica praticada por parlamentar

DENÚNCIA: Vereador leva a tribuna da Câmara de Sairé, denúncia de suspeita de falsidade ideológica praticada por parlamentar

Sairé News

O vereador Gildo de Zé Dias no uso do seu tempo na tribuna da Câmara Municipal de Sairé, trouxe ao conhecimento do público uma grave denúncia contra um suposto crime cometido pelo ex-presidente da Câmara, vereador Danúbio Evangelista. 

O parlamentar Danúbio Evangelista, por ter faltado várias sessões legislativas do primeiro período, seria necessário trazer um atestado médico para comprovar motivos de saúde para tantas faltas em sessões. 

Mais segundo a denúncia, o atestado médico é fraudulento, sendo que tanto o carimbo, quanto a assinatura que consta no atestado entregue pelo parlamentar, não coincidem com o carimbo e com a verdadeira assinatura do médico, tipificando o crime de falsidade ideológica. A identidade do médico não foi divulgada por questões éticas.

Após a denúncia, o atual presidente da Câmara Municipal Zeca de Insurreição, deixou claro que o parlamentar Danúbio terá que se explicar perante os demais parlamentares na tribuna da Câmara na primeira sessão do segundo período. 

O caso será investigado pela Comissão de Ética da Câmara Municipal de Sairé.
Mais informações
Os cuidados que devem ser tomados pelos foliões durante o carnaval

Os cuidados que devem ser tomados pelos foliões durante o carnaval


O Carnaval, para muitas pessoas, torna-se uma verdadeira prova de resistência. Seguir as troças, os blocos, descer e subir ladeiras e acompanhar trios elétricos são atividades físicas intensas realizadas em quatro ou mais dias de pura folia. Por isso, o cuidado com o corpo durante esses dias de festa de Momo é importante para não correr riscos de lesões, por exemplo.

O professor do curso de Educação Física da Faculdade UNINASSAU Caruaru, Alison Oliveira, e o coordenador do curso, Roberto Ângelo, dão o alerta. “Nesse período, são de extrema importância os cuidados com o corpo para suportar o pique. Para aproveitar e curtir ao máximo essa intensa maratona de festa, é preciso estar preparado e com o condicionamento físico em dia”, orienta Oliveira. Para o professor, muitos foliões passam o ano todo sem se exercitar. Estes, especificamente, devem ter um cuidado redobrado, pois o corpo não está preparado para um ritmo de esforços físicos tão intensos e pode gerar problemas ao organismo. “Ademais, os riscos com lesões por efeito da sobrecarga intensa a músculos e articulações devido a atividades físicas intensas também podem atrapalhar o Carnaval”, explica.

Já Roberto Ângelo ressalta os cuidados que as pessoas devem tomar durante os dias de folia. “Para se ter um melhor aproveitamento dos dias de festa neste Carnaval, o folião deve se prevenir com relação aos cuidados com o corpo realizando ações essenciais como hidratação, alongamentos, aquecimento, vestimentas leves e calçados apropriados para caminhadas. Estes cuidados não evitam possíveis situações desagradáveis do ponto de vista da saúde, decorrentes dos excessos de movimentações como caminhadas e saltos executados por um longo tempo em dias consecutivos, mas podem auxiliar na prevenção de lesões”, destaca.

O coordenador ainda reforça que, após muito tempo em pé e/ou pulando, é importante que haja intervalos para descanso das articulações e dos músculos de todo o corpo, principalmente dos membros superiores e inferiores, propiciando reservas e recuperação dos sistemas para os dias subsequentes. “Essa dica vai, principalmente, para os foliões sedentários, que devem redobrar a atenção quanto ao seu ritmo, sensações de fadiga, dor de cabeça, contraturas musculares, náuseas e atenção total com a própria respiração, afinal, o sistema cardiorrespiratório não pode ser sobrecarregado durante a folia para não ser comprometido, trazendo riscos de vida”, afirma.

“As dicas, de modo geral, são se hidratar bem e manter uma boa alimentação. Além disso, usar o bom senso e respeitar os limites do corpo, aproveitando seu Carnaval e curtindo com saúde”, conclui Ângelo.

Mais informações
Veja relatório do TCE sobre verbas indenizatórias irregulares dos deputados estaduais: 1,9 milhão de reais

Veja relatório do TCE sobre verbas indenizatórias irregulares dos deputados estaduais: 1,9 milhão de reais


O Tribunal de Contas do Estado (TCE) disponibilizou, no seu site oficial na Internet, a íntegra do julgamento das verbas indenizatórias dos deputados estaduais. O caso veio a público ainda em 2016, na campanha eleitoral daquele ano, só tendo um desfecho agora em 2018/19.
O julgamento, pela irregularidade no uso das verbas, ocorreu em 12 de fevereiro.
Foram citados no processo 22 deputados e ex-deputados.
O suposto esquema, apontado pelos auditores do TCE, envolvia o uso de notas de 7 empresas apontadas como “fantasmas” ou inexistentes.
“Houve o recebimento de verbas indenizatórias por 22 deputados estaduais, em face da apresentação de documentos fiscais emitidos por empresas constituídas apenas documentalmente e/ou sem capacidade operacional para o fornecimento dos bens e serviços contratados, no valor total de R$ 1.916.222,70”, informa o relatório.
Após o início da investigação pelo TCE, quase todos os deputados e ex-deputados estaduais devolveram o dinheiro utilizado pela chamada verba indenizatória.
O deputado Romário Dias (PSD), segundo o relatório, está devolvendo 160 mil reais através de descontos parcelados na folha de pagamento.
“Em momento posterior, em 07/02/2019, a Assembleia Legislativa protocolou Termo de Alteração do Termo de Disposição Voluntária de Vontade, subscrito pelo Deputado Romário Dias (fls. 9.457/9.461), com a informação de que o ressarcimento do saldo de R$ 160.581,71 ocorrerá através da realização de desconto mensal na folha de pagamento dos subsídios recebidos pelo Deputado Romário de Castro Dias Pereira, em razão de exercício de mandato eletivo junto à ALEPE, em 48 (quarenta e oito) parcelas mensais, iguais e sucessivas, no valor de R$ 3.345,45”, diz o relatório.
O TCE fez recomendações à Assembleia, como a sugestão para “que estruture uma verdadeira unidade de controle interno” e “adote medidas necessárias para a extinção do pagamento de verbas indenizatórias de apoio aos gabinetes dos Deputados”.
DENÚNCIA DE ANTÔNIO CAMPOS
Em 2016, Lupércio derrotou Antônio Campos no segundo turno de Olinda.
Em 2017, o advogado Antônio Campos, ao defender a condenação do atual prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), por suposto uso indevido da verba de gabinete como deputado estadual, revelou que outros parlamentares também usaram das mesmas empresas supostamente “fantasmas”, objeto da denúncia protocolada pelo advogado contra Lupércio.
Antônio Campos, na tribuna do TCE, disse que foi pressionado por deputados e políticos para retirar a denúncia.
“Esse caso em julgamento, que julga um caso em concreto, na realidade, envolve não só o caso que está sendo julgado nesse processo. É um caso que se vê duas empresas dessas, infelizmente, forneceram a outros gabinetes, inclusive, esse modesto advogado que vos fala hoje foi pressionado por ter feito essa denúncia em relação a esse processo, que poderia prejudicar outras pessoas”, afirmou Antônio Campos.
O advogado disse que o caso era de “utilização da chamada fábrica de notas, em que uma empresa fica fornecendo notas para cobrir despesas de gabinete”.
Antes do julgamento, Lupércio devolveu voluntariamente R$ 136 mil aos cofres da Assembleia Legislativa.
Conforme matéria publicada no JC, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu investigação para esmiuçar os contratos feitos por 20 deputados e dois ex-deputados da Alepe com sete empresas que funcionam apenas no papel.
O caso veio à tona, após o julgamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que fez diligências e identificou a inexistência dos negócios.
A reportagem do JC foi aos locais e comprovou que nenhuma delas funciona nos endereços informados.

Confiram o relatório AQUI
Mais informações
Veja os principais pontos da reforma da previdência proposta pelo governo Bolsonaro

Veja os principais pontos da reforma da previdência proposta pelo governo Bolsonaro



Idade mínima – 65 anos para homens e 62 para mulheres
Regime atual de aposentadoria de políticos será extinto com reforma
Idosos em situação de miséria só receberão o salário mínimo aos 70 anos
Previdência terá alíquotas progressivas de contribuição
Tempo mínimo de contribuição será de 20 anos tanto para homens quanto para mulheres
Aposentadoria por tempo de contribuição deixa de existir. Hoje é de 30 anos para mulheres e 35 anos para homens
Aposentadoria rural – a idade mínima passa a ser de 60 anos para mulheres e homens. Hoje é de 55 e 60 anos, respectivamente. O tempo de contribuição mínimo sobe de 15 para 20 anos
Professores – idade mínima de 60 anos para homens e mulheres com tempo de contribuição mínimo de 30 anos
Os brasileiros que ganham acima de um salário mínimo precisarão contribuir por 40 anos para conseguir se aposentar com 100% do salário de contribuição (cujo teto hoje é de R$ 5,839 mil)
Regra de transição – o trabalhador que pretende se aposentar por tempo de contribuição poderá escolher a regra de transição que mais lhe beneficiar entre três possibilidades.
Alíquotas do RGPS e RPPS – A proposta prevê alíquotas seguindo lógica do imposto de renda. As alíquotas para o regime geral ficariam em 7,5% para quem recebe até um salário mínimo; entre 7,5% e 8,25% para salários entre R$ 998 e R$ 2 mil; quem recebe entre R$ 2 mil e R$ 3 mil, as alíquotas vão ficar entre 8,25% e 9,50%; salários acima de R$ 3 mil até R$ 5.839,45, alíquotas de 9,5% a 11,68%.
Dentro da proposta de quem ganha mais, paga mais, as propostas pretendem taxar bem mais salários altos, que hoje são limitados a alíquota de 11%.
No regime dos servidores públicos, salários acima de R$ 5.839,46 até 10 mil, alíquotas vão de 11,68% a 12,86%; entre R$ 10 mil e R$ 20 mil, 12,86% a 14,68%; e entre R$ 20 mil a R$ 39 mil, 14,68% a 16,79%. Acima de R$ 39 mil, a alíquota poderá passar de 16,79%.
BPC – Benefício de Prestação Continuada será desvinculado do salário mínimo. Agora, os idosos só poderão ter acesso ao valor quando atingirem 70 anos. Na regra anterior, o pagamento já era possível aos 65 anos.
Políticos – O regime atual de aposentadoria dos políticos será extinto. Os novos eleitos passarão a fazer parte automaticamente do Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Ou seja, vão se aposentar com as mesmas regras dos trabalhadores da iniciativa privada.

Informações Inaudo Sampaio

Mais informações
Postagens mais antigas ››