Operação Pipa em Sairé

Fotos: Adelson Oliveira
O longo período de estiagem pelo qual passa várias partes do Brasil está ocasionando desabastecimento nos reservatórios do país. Em Sairé, a irregularidade no abastecimento da Companhia de Pernambucana de Saneamento (COMPESA) está acarretando transtornos para a população pela falta de água, sendo que alguns pontos estão sendo ainda mais prejudicados. Diante da atual situação, a Prefeitura de Sairé, Defesa Civil e Compesa desencadearam a Operação Carro Pipa disponibilizando caminhões pipa para o abastecimento complementar de escolas, creche, bairros da cidade e zona rural em caráter emergencial.

De acordo com o Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, José Herculano, a operação se justifica pelo fato de as precipitações pluviométricas ocorridas em nosso município, não ter atingido o grau de suficiência dos mananciais. “Considerando que as chuvas não foram suficientes para aumentar o volume de água dos nossos açudes e reservatórios, decidimos juntos com a Compesa e a Defesa Civil realizar a Operação Carro Pipa”, argumenta o Secretário.

O secretário ainda lembra que a Prefeitura de Sairé já vem desenvolvendo esta ação. “Não poderíamos deixar de atender a população das comunidades que vem sendo afetada pela falta de água potável”, informou.

A moradora Maria José ficou aliviada e contente por poder armazenar água para os afazeres domésticos e uso pessoal. “Não podemos ficar sem águas, precisamos cuidas das nossas casas e dos nossos filhos”, afirma.

PREFEITURA COBRA POR MELHORIA DOS SERVIÇOS DA COMPESA

No início do mês de dezembro, a Prefeitura de Sairé, através do prefeito Fernando Pergentino e do vice-prefeito Natanael Ferreira, esteve reunida com o Presidente da Compesa, Roberto Cavalcante Tavares. O Prefeito propôs que a empresa realizasse ações que prevenissem os casos de falta da água na cidade.





Postagens Relacionadas
‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››