Proerd 2016 forma 570 estudantes saireenses

A Prefeitura de Sairé - através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, em parceria com a Polícia Militar - realizou, na tarde desta quarta-feira (25), a formatura de 570 alunos no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), referente ao ano de 2016.



Proerd - O Programa consiste em uma ação conjunta entre a Polícia Militar, Escolas e famílias, no sentido de prevenir o abuso de drogas e a violência entre estudantes, bem como ajudá-los a reconhecer as pressões e as influências diárias que contribuem ao uso de drogas e à prática de violência, desenvolvendo habilidades para resistí-las. Além disso, o Proerd é mais um fator de proteção desenvolvido pela Polícia Militar para a valorização da vida, a fim de tornar a sociedade mais saudável e segura. O evento, já está na 4ª edição e surpreende a cada ano, com a participação massiva da população saireense.

Evento - A cerimônia contou com as presenças do prefeito do município, Fernando Pergentino; do vice-prefeito, Natanael Ferreira; da secretária municipal de Educação, Cultura e Esportes, Zui Albuquerque; do secretário de Saúde, Dr. Marco Pontes; do Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco, Coronel Roberto Galindo; do Coordenador do Proerd, Major Jairo; do Coordenador Regional do Proerd, Tenente Alberaci; o representante da Secretaria de Defesa Social, João Evangelista; além dos vereadores Josivan Xavier, Francisco Pergentino (Chiquinho da Massa), Valdete Bezerra, Alexandra Rejane (Sandra de Zé Albino) e Zacarias Gesse (Boneco).

Para o prefeito, Fernando Pergentino, "o Proerd possibilita aos jovens adquirir conhecimentos quanto à prevenção do uso de drogas, tornando a comunicação mais consistente e repleta de resultados positivos". Já a secretária municipal de Educação, Cultura e Esportes, Zui Albuquerque,acrescentou: “Este programa abrange as crianças de uma forma com que elas mesmas consigam aprender entre o certo e o errado, além de aprender a dar valor à vida”.

O representante da Secretaria de Defesa Social, João Evangelista, falou que as crianças estão sendo preparadas para enfrentar o futuro com coragem de dizer não àquilo que possa lhes fazer mal. “Prevenir é a solução, sabemos o quanto as drogas deixam as pessoas violentas e infelizes e todos sofremos as consequências, seja direta ou indiretamente”, enfatizou. Umbelina Tobias, mãe de uma das alunas do programa, observou a mudança positiva da filha. “Notei que ela ficou mais obediente, amorosa e dedicada aos estudos. Estava ansiosa por este dia especial. Estou muito orgulhosa em ver minha filha formando-se no Proerd”, comentou. 

Postagens Relacionadas
‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››