Operação Sem Juros apreende mais de R$ 1 milhão com agiotas

A Polícia Civil deflagrou a Operação Sem Juros e conseguiu apreender com sete suspeitos de praticar agiotagem nas cidades de Igarassu, Itamaracá e Paulista, na Região Metropolitana do Recife, mais de R$ 1 milhão em dinheiro e cheques. 

Três dos envolvidos chegaram a ser presos em flagrante por porte ilegal de arma, mas já foram liberados, mediante pagamento de fiança, no valor de R$ 27 mil, cada um. 

As casas e os estabelecimentos comerciais, pertencentes aos alvos investigados há sete meses foram vistoriados nessa quarta-feira (11) em cumprimento a oito mandados de busca e apreensão. 

Entre os suspeitos, há dois policiais: um sargento militar reformado e um agente da Polícia Civil, que trabalha em Araçoiaba. Este segundo não foi afastado do cargo. Há ainda um servidor público de Igarassu que fazia parte desse grupo.

 Delegado Aldir Almeida, titular da Delegacia de Igarassu, explicou que as informações estavam sendo investigadas há um certo tempo e que as pessoas que pegaram dinheiro com o grupo denunciaram a prática. Segundo o delegado, os agiotas ficavam com cartões das vítimas, inclusive do Bolsa Família, para garantirem o pagamento da dívida. Além disso, carros e imóveis também eram utilizados como pagamento.

O telefone de contato para denúncias é o 3184.3488. 

NE10

Postagens Relacionadas
‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››